28 de junho de 2018

Mais uma para a coleção...

Chegou a minha Backtalk da Urban Decay.

A última vez que contei, tinha mais de 40 paletas.
Um exagero, eu sei. Mas não resisto.

Olhem só para ela:


 
 

Conseguem resistir?
 
Inspirada num dos batons mais vendidos da marca, o Vice Lipstick na tonalidade Backtalk (este AQUI), esta menina é um pouco diferente das outras paletas da UD.
 
A começar pelo material de packaging utilizado: cartão.
 
É dupla. Traz oito sombras de um lado e quatro tons do outro para usar como blush e/ou iluminador.
 
No meio, um espelho duplo,...amovível.
 
Ela tem tudo o que precisamos para um look monocromático,...daqueles que eu gosto mais de usar no dia-a-dia, ou ver em noivas, por exemplo.


 Vamos divertir-nos tanto...eu e ela...
 
Onde comprar?
Há várias hipóteses, mas esta veio da Lookfantastic Portugal por  €46.45.

9 comentários:

  1. Paletas nunca são demais!
    Já estive a olhar para esta mas a única coisa que me atrai mais são os blushes e iluminadores porque de sombras são tons que pouco uso. No entanto adoro o packaging!

    Beijinho.
    O Meu Dolce Far Niente
    Instagram | Facebook | Twitter

    ResponderEliminar
  2. Essa é muito gira...mas a que me está a tentar é a Born To Run, perfeita para levar de viagem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho algumas há uns 4 ou 5 anos que vou deitar fora devido ao prazo e a born to run complementa perfeitamente essas pq passa por todas as cores que uso :) Este ano já não vou aos EUA, por isso vou ver se arranjo online para os meus anos :) se a comprares favor contar tudo aqui hein??!!!!

      Eliminar
    2. Algumas das minhas têm mais de 4 ou 5 anos...mas não consigo desfazer--me delas. Os produtos em pó aguentam muito mais do que as marcas alegam. E desde que se respeite algumas normas de higiene, é pacífico. O problema é quando as sombras começam a alterar a textura, ficam demasiado secas e deixam de "pintar". Aí não há nada a fazer. Mesmo, no geral, só ponho maquilhagem no lixo quando noto que o produto já não se deixa usar da mesma forma ou altera o cheiro ou a textura. O batom que usei no dia do meu casamento, em 1992 ainda existe. Está guardado. É claro que já não o uso, porque o cheiro já não é o mesmo...mas de vez em quando ainda mato saudades dele a experimentar nas costas da mão...e nunca tive nenhuma reação estranha. :)
      Quanto à Born to Run, essa está na minha wishlist.

      Eliminar