3 de novembro de 2013

Sobre Réplicas e Contrafação em Maquilhagem

Que o pessoal queira tanto uma malunfa Vuitton, que não se importe de andar a passear-se por aí com uma imitação reles comprada na feira de Carcavelos, eu ainda compreendo. Mas que ponha a sua saúde em risco, para fazer de conta que tem no seu kit de maquilhagem um  batom MAC ou uma paleta Naked, juro que não entendo.

Se não têm dinheiro para uma paleta Naked, então amigas, comprem uma Sleek. Se a vossa carteira não vos permite comprar um batom MAC, então comprem um da Sephora…

Mas, por amor da santa, não andem por aí a besuntar arsénico, cobre, mercúrio, chumbo e outros venenos, em concentrações elevadas e potencialmente tóxicas e cancerígenas, no vosso rosto!

5 comentários:

  1. Concordo inteiramente ctg! Também não compreendo, uma coisa é uma mala, um relógio ou sapatos, outra coisa é maquiagem! Além de que depois de maquiada não se vêm marcas e há marcas tão baratas como a Kiko por exemplo.

    ResponderEliminar
  2. Just my point.... além de que é crime vender-se disso, e está previsto na constituição, eu fiz um artigo há uns tempos... mas pronttteeessss t+-_-

    ResponderEliminar
  3. por isso é que prefiro pensar bem no que quero, junto o dinheiro e depois atiro-me de cabeça :)

    ResponderEliminar
  4. Ainda ha muita gente que nao tem a consciencia que esse tipo de prouto na tem qualquer tipo de controlo de qualidade, mas é uma opção de cada um... Beijinho*

    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
  5. Absolutamente de acordo, também já escrevi sobre o assunto mas há malta que não atinge...

    ResponderEliminar