30 de setembro de 2015

Colocação de Blush

Mas por que carga-d’água é que agora virou moda espetar com o blush em toda a bochecha, a ponto de ele chegar quase às narinas e parecermos o José Estebes do Herman José?

O blush quer-se aplicado sobre o osso das maças do rosto (sobre uma linha imaginária entre o cimo da orelha e a narina), mas nunca deve ultrapassar o limite da nossa íris. Mais ou menos do meio do olho para dentro, em direção ao nariz, não se deve colocar blush. Ninguém quer andar por aí a parecer que bebeu um tintol.

 

O Wayne Goss explica. AQUI. 

 

Nota:

Ah! E espetar com o iluminador em TODA a zona onde se aplicou blush, também é capaz de não ser boa ideia. Digo eu, que não percebo nada disto…

Não é por nada, mas de frente parece que se tem dois faróis em vez de bochechas.

Rodapé Kabukis & Margaridas

Esteja a par de tudo o que se passa no blogue através do Bloglovin’, do Facebook e do Pinterest.

Sem comentários:

Enviar um comentário